Posts

Para criar uma equipe de sucesso, é necessário manter um ambiente múltiplo que reforce a capacidade de inovação da empresa. Garantir que cada funcionário tenha funções adequadas que aumentem a satisfação no trabalho e determinar objetivos claros para o crescimento profissional.  

Além disso, é importante que exista um ambiente organizado e harmônico, para que as pessoas se sintam motivadas.  

Qual a importância de pessoas equipes eficazes numa empresa? 

As empresas tendem a ser mais competitivas e inovadoras quando formam equipes multidisciplinares, que contemplam perfis distintos. Essa multiplicidade favorece o brainstorming e a colaboração.” (RC) 

 Isso porque cada pessoa é única, quando se baseia nas suas experiências de vida e aprendizados. Assim gerando uma colaboração com todo o grupo. O que por sua vez, gera agilidade na entrega e qualidade dos resultados.  

Fora isso, o trabalho em equipe cria um senso de pertencimento que ajuda na hora do profissional observar seu senso de responsabilidade, assim buscando bons resultados.  

As principais características de uma equipe de sucesso, são: 

Organização: cada trabalhador deve ter responsabilidade para se organizar e usar as ferramentas e documentos necessários para terminar o trabalho.  

No entanto, cabe à empresa disponibilizar os materiais necessários para que isso ocorra.  

Inovação: impulsiona a adoção de ferramentas, que otimizem os processos e mantenham a fluidez da empresa e das pessoas.  

Comunicabilidade: é importante a comunicação interpessoal. Para que cada um da equipe saibam lidar uns com os outros.  

Unicidade: quando existe unicidade, os integrantes não se sentem responsáveis somente pelo seu trabalho, mas também pelo do outro. Porquê dessa maneira todos almejam o mesmo objetivo.  

Adaptabilidade: é a capacidade de adaptar. Para que isso ocorra com equipes qualificadas, é importante privilegiar pessoas versáteis e flexíveis, que se sintam bem em qualquer cargo ou posição.  

Respeito: premissa básica em qualquer relação social. O grupo não precisa de uma conexão pessoal, mas o respeito é indispensável.  

E aí, vai colocar em prática essas dicas para com a sua equipe?  

Co-marketing

Essa é uma das formas mais poderosas de conseguir clientes sem gastar muito. Por isso, algumas empresas que são referência no mercado e contam com grandes orçamentos de marketing já fazem uso dela.

A forma mais comum de fazer co-marketing no ambiente digital é por produzir conteúdo, quer em forma de um artigo para blog, e-book, palestra online ou outra.

Anúncios segmentados

No marketing digital, anúncios segmentados, ou seja, direcionados para que apenas o perfil de público selecionado veja, são usados de forma estratégica para gerar ótimos resultados.

Sucesso do cliente

Sucesso do cliente é um dos conceitos modernos de marketing mais usados nas empresas. Esse termo se refere a um novo tipo de atendimento ao cliente, que vai além de simplesmente do suporte. A responsabilidade se estende a garantir que o cliente saiba utilizar o produto ou serviço ofertado pela empresa da melhor maneira possível. A ideia é de que, se o cliente tem resultados consistentes com seus produtos ou serviços, vai se manter cliente por mais tempo.

De forma geral, a gratificação nada mais é do que um pagamento feito por liberalidade do empregador, como meio de agradecer ou reconhecer os serviços prestados pelo empregado ou ainda como recompensá-lo pelo tempo de serviço prestado à empresa onde trabalha. Além disso, a gratificação/bonificação também pode ser ajustada, nos parâmetros da lei ou por meio de documento coletivo sindical, obrigando ao empregador que se efetive o pagamento.

Quanto aos valores das gratificações, a CLT – Consolidação das Leis do Trabalho – não estipula um limite específico a ser pago aos funcionários, nem estabelece como o empregador deve efetuar o pagamento. Sendo assim, cabe a empresa proceder da forma que achar melhor para a empresa, contanto que o lançamento em folha de pagamento seja obrigatório.

Em uma sala de entrevistas, uma vez uma candidata me perguntou: “o que devo fazer para alcançar o sucesso profissional?” Eu, que tenho mais de 10 anos de experiência com recrutamento e seleção, gostaria de poder responde-la com listas tipo “os 10 passos para o sucesso”, “10 dicas para chegar ao sucesso”.

Voltando à candidata, como resposta eu devolvi a pergunta: O que é sucesso para você?  Reconhecimento, conforto financeiro, bons benefícios, viagens internacionais ou alcançar um cargo no alto escalão da empresa podem ser a medida de felicidade e sucesso para algumas pessoas. Para outras, trabalhar feliz significa ter um bom equilíbrio entre vida profissional e pessoal, sentir-se diariamente desafiado, morar perto do trabalho ou até trabalhar menos. Não existe uma resposta única e cada pessoa precisa se conhecer o suficiente para saber o realmente a faz feliz.

Lembre-se: Fazer o que gosta é liberdade. Gostar do que faz é felicidade. E esse conjunto pode, sim, ser a chave para o sucesso!

A metodologia AIDA é dividida em quatro etapas, sendo elas: Atenção, Interesse, Desejo e Ação. Elas são as etapas em que um cliente passa para tomar a decisão de compra de um produto ou serviço.

Atenção

O principal objetivo dessa etapa é despertar a atenção e curiosidade de um possível consumidor e fazê-lo captar a oferta ou seu negócio.

Interesse

Após captar a atenção e curiosidade do consumidor, é preciso despertar e manter o interesse do mesmo.

Para isso, mantenha o fator surpresa, mas encaminhe o consumidor até o produto ou serviço, mostrando as vantagens oferecidas.

Desejo

Faça com que o consumidor deseje e tenha necessidade de seu produto e assim, a ação de compra acontecerá.

Ação

Na última etapa é quando o cliente é guiado para a compra e persuadido para finalizar a ação.

Dê a ele razões para que compre o produto ou serviço, seja convincente, porém, não insista ou pressione o mesmo, pois assim é possível que se irrite e não finalize a compra.

É notório que muitos dizem ter esse espírito de equipe, mas no mundo profissional as ações falarão mais alto que as palavras. Para ter um espírito de equipe é importante que você tenha maturidade suficiente para assumir responsabilidades pelos seus atos. O que a gente mais vê são pessoas que jogam a culpa para cima de outras pessoas só para não se prejudicarem, o motivo principal é a competitividade ao extremo. Você deve ser menos individualista. A empatia deve andar ao seu lado sempre.

Portanto, o profissional que tem espírito de equipe trabalha com seus colaboradores para fazer com que a empresa cresça, pois sabe que todo este esforço será recompensado em breve.

É fundamental entender que, independente do cunho do feedback, ele é algo positivo para a empresa por indicar os pontos fortes do negócio, mas também os que podem ser melhorados. Essa é uma das ferramentas mais importantes quando falamos em gestão de equipes, de medição de resultados e que visa a busca de melhorias contínuas.

É importante estar ciente da visão dos superiores em relação aos pontos que podem ser melhorados e em relação ao que está funcionando muito bem.

O feedback é importante não somente para cada colaborador individualmente, mas também para o gestor (por isso o feedback deve ser bidirecional) e para o funcionamento da estrutura organizacional como um todo.

 

#1 Planejamento é fundamental

Esse ponto deve ser primordial em qualquer empresa ou negócio. O planejamento é imprescindível para que sua equipe consiga aumentar o desempenho e conquistar melhores resultados.

Planejar o processo de vendas significa determinar quais serão os passos e procedimentos adotados no contato com o cliente, na análise e desenvolvimento dos leads, nas métricas de monitoramento de produtividade e também na gestão eficiente da força de vendas e de seus resultados.

Também vale destacar que no planejamento também está inclusa a análise do público-alvo; das medidas de venda, de marketing e de comunicação; e até mesmo na análise interna de desempenho, para corrigir problemas e potencializar os resultados individuais e de equipe.

#2 Treinamento e capacitação de vendedores

Considerado por muitos gestores e empreendedores um dos elementos mais importantes de qualquer equipe de vendas, a capacitação e o treinamento contínuos são fundamentais para que sua equipe consiga atingir a máxima produtividade de vendas e conquistar resultados cada vez melhores.

Enquanto as empresas buscavam contar com os “grandes talentos”, o empreendedorismo do século XXI é baseado em saber como treinar sua equipe e fazer com que todos sejam capazes de alcançar desempenhos melhores e oferecer resultados mais atraentes e eficientes.

Com isso, é fundamental que o aprendizado também seja constante, o que pode ser garantido por meio de treinamento contínuo e de qualidade, que fará com que a produtividade de vendas seja aumentada como um todo.

#3 Boas ferramentas de gestão de vendas são fundamentais

Assim como os métodos de abordagem de clientes mudou muito nos últimos anos, as ferramentas de trabalho para as equipes de venda também precisam evoluir e acompanhar as mudanças e necessidades do mercado e dos clientes, que são cada vez mais conscientes e exigentes.

Contar com uma ferramenta de CRM de Vendas garante que sua equipe de vendas consiga prospectar melhor os clientes; manter controle detalhado de negociações, contatos e vendas; obter relatórios importantes de desempenho individual e geral e; fazer com que seja possível aumentar a produtividade de vendas de forma expressiva.

1. Escreva uma lista de tarefas diárias e planeje o seu dia

Mantenha essa lista ao seu lado para mantê-lo concentrado. Quando você tem uma lista das coisas que você tem que realizar em um dia perto de você fica mais fácil realizá-las, pois ela funciona como um lembrete do que precisa ser feito.

2. Determine um tempo para suas tarefas

Se você faz uma determinada atividade por muito tempo, aos poucos ela começa a ficar repetitiva e você começa a produzir menos e perder o foco, pois perdeu aquele interesse inicial por fazê-lo. Dessa maneira, o ideal é estipular um período para uma tarefa, cumprí-lo e, se a tarefa ainda não foi concluída, separar outro período, à frente, para concluí-la. Por exemplo, determine 30min. Para fazer uma tarefa e passado esse tempo, comece a fazer outra diferente. Dessa maneira você torna o seu trabalho algo mais interessante e menos repetitivo.

3. Instale filtros no seu E-mail

Se você gasta muito do seu tempo se comunicando e planejando na frente do computador, as chances são grandes de você lidar com e-mails frequentemente. A criação de filtros no e-mail pode ser uma excelente maneira de separar o que é importante e urgente de coisas pessoais que podem esperar.

4. Não verifique seu e-mail pessoal de manhã

Verificar e-mails pessoais pode ser uma grande distração, mesmo com a instalação de filtros. Isto é especialmente verdadeiro quando seus amigos lhe enviam links para artigos interessantes, piadas ou vídeos no YouTube. Se você não tiver cuidado pode ficar nisso por horas. Em vez de verificar o seu e-mail pessoal, logo que você entrar, tente começar a trabalhar imediatamente. Verifique seu e-mail só depois de ter algumas tarefas concluídas ou em andamento.

5. Escute o tipo certo de música

A música é uma ótima maneira de estabelecer-se na rotina de trabalho. Além disso, a música pode abafar os ruídos do escritório, como impressoras e pessoas conversando. Porém, tenha cuidado, alguns tipos de músicas não são favoráveis ao trabalho produtivo. Músicas onde há muitas letras não são recomendáveis pois as palavras podem interromper seu processo de pensamento.

6 .Encha uma garrafa de água

Manter-se hidratado é muito importante para a saúde. Em vez de ir ao bebedouro com seu copo a cada hora, tente encher uma garrafa de água no início do dia. Isso evita várias ações, entre elas: o movimento de começar/parar que ocorre cada vez que você vai beber água e, o tempo despedido em torno do bebedouro batendo papo com os colegas.

7. Encontre o melhor momento para fazer tarefas repetitivas e chatas

Não importa o quanto você tente evitá-las, você vai ter que enfrentar e fazer tarefas repetitivas e entediantes. Para tarefas desse tipo o melhor é escolher um momento no dia para trabalhar sobre elas. Por exemplo, se você está mais alerta no início do dia, é melhor trabalhar em tarefas que exijam mais de seu raciocínio. Já para tarefas chatas e repetitivas, que podem ser feitas no piloto automático é melhor deixar para o fim do dia, quando se está mais cansado.

8. Limpe sua mesa

Alguns de vocês podem ter mesas que são um verdadeiro caos. Isso não é necessariamente uma coisa ruim, desde que você consiga encontrar o que procura sem vasculhar muito. No entanto, se não puder. É bom que limpe sua mesa. Isso não significa ter uma mesa vazia, isso significa apenas ter arrumado as pilhas de papel, todos arquivados no local correto e deixar mais acessíveis blocos de notas, canetas para anotações, um maior espaço para trabalhar, etc.

9. Use atalhos no seu computador

Se você faz a mesma coisa com seu computador durante todo o dia, pode ser útil você procurar maneiras de fazê-las sem muita repetição manual, evidenciando no seu Desktop os ícones dos arquivos e programas que você mais acessa.

10. Feche os programas que você não está usando

Abra aqueles programas que realmente serão utilizados por você durante a execução de suas tarefas. Não facilite para que ocorram mais distrações.
O melhor de tudo, é que, ao final do dia, mesmo que algumas tarefas tenham ficado pendentes, estão organizadas e com previsão de término. Veja tudo o que você conseguiu realizar. Saboreie a sensação de “missão cumprida”. Você acaba de ganhar tempo e tranqüilidade.

Autonomia

Esse benefício pode parecer papo de vendedor, mas é inegável que trabalhar com venda direta traz uma certa liberdade.

Afinal de contas, caso você entre nesse modelo de negócio, poderá escolher quantas horas do dia se dedicará ao trabalho, o tipo de produto que quer comercializar e o público para o qual irá vender, por exemplo.

Mas é sempre bom lembrar que o seu ganho será proporcional à sua produtividade.

Suporte de grandes empresas

Trabalhar com venda direta é entrar em um mercado consolidado pelos seus números e por empresas de renome.

Por estrutura, estamos considerando os planos bem definidos de comissão e bonificação, a qualidade dos produtos, a capacitação, o respeito e o compromisso com os revendedores, entre outros pontos relevantes.

Modelo escalável de ganhos

Essa é uma das principais características do marketing multinível. Por exemplo, quando um revendedor recruta um novo distribuidor, esse novo integrante pode, após um tempo, criar a sua própria rede.

As pessoas que forem incluídas na rede por esse novo integrante também podem formar suas próprias equipes e, dessa maneira, os níveis da força de vendas vão se multiplicando sequencialmente.

É essa escalabilidade que caracteriza o marketing de rede e amplifica os ganhos dos líderes de venda.