Certamente o Endomarketing é uma forma de estratégia de marketing voltada para o interno da empresa, esse tipo de marketing é feito a través da empresa e seus colaboradores, os mantendo informados sobre todas as relações da mesma. Com objetivo de mantê los engajados e informados sobre tudo e qualquer resultados empresariais, utilizando de estratégias bem sucedidas do endo marketing, essas estratégias ajudam e beneficiam as empresas colaboradoras das mais variáveis maneiras.

Além disso uma das vantagens e modos estratégicos que podem ser usados é dar motivação aos colaboradores, engajando – os nas ações da empresa, os funcionários se sentem mais motivados e tendem a ter mais satisfação na hora de desenvolver suas funções, isso só ocorre quando a empresa demonstra estar preocupada com as qualidades de trabalho e o bem estar.

Acima de tudo, deve – se também otimizar a produtividade entre os funcionários, como consequência a produtividade dos funcionários será aumentada. E quando os colaboradores se sentem mais motivados eles produzem mais além de terem satisfações com o trabalho, fazendo sua produtividade aumentar e o executam com uma facilidade imensa, ganhando assim a certeza de que terá os melhores resultados.

Portanto, a partir do momento em que a satisfação de trabalho é garantida seu ambiente de trabalho com diminuição na rotatividade de funcionários. Uma vez que satisfeitos apresentam menos disposição em deixar seus empregos, fazendo – os não terem apenas o interesse salarial, mas tendo em mente a importância que eles tem e trazem para a empresa.

Da mesma forma, as vezes o estresse diário é causado através da rotina, e isso com toda certeza afeta o bem estar do colaborador, e uma empresa que se preocupa com seu funcionário pode tornar o local de trabalho mais agradável.

Todos desejam confiabilidade quando requerem um serviço. Não importe se você for fazer uma viagem de avião ou simplesmente ir em uma lavanderia. Ninguém deseja cair de avião e nem pensar nessa chance, ou ter a roupa manchada na lavanderia. Dessa forma, a confiabilidade é o fator mais importante nas avaliações de qualidade.

Existem cinco dimensões gerais que influenciam as avaliações de um serviço. Essas são, a confiabilidade (32%) , tangibilidade (11%), sensibilidade (19%), segurança (22%) e empatia (16%).

Dessa forma, uma liderança que acredita que 100% de confiabilidade é uma meta viável, pode obter bons resultados. Além de serem fortes e apaixonados pela perfeição, que lutam por melhoria contínua e recompensarem os serviços sem erros. Certamente, não obter erros é algo que pode ser evitável com testes completos do serviço, examinando rigorosamente o projeto do serviço, checando o processo, introduzindo o serviço em distribuição limitada e entre outras formas de testar para evitar erros. Porém, erros são pontos críticos de todo serviço e esses podem ser imprevisíveis.

Ao lidar com erros, devemos ter uma recuperação excelente do serviço. Como se estivéssemos realizando o serviço pela primeira vez. Resposta insatisfatória ou falta de resposta afetam drasticamente a confiabilidade do seu trabalho.

Com isso, concluímos que tentar ao máximo fazer bem o serviço pela primeira vez é fundamental, o que aumenta os lucros da empresa, logo que, o cliente possivelmente voltará, os grandes esforços para novos clientes diminuirá, você terá maior oportunidade de altos preços e ainda, uma das formas de comunicação mais eficientes, a comunicação boca-a-boca.

Para fazer bem pela primeira vez, engloba-se diversos fatores organizacionais. Para você ter uma Infraestrutura para um serviço sem erro, você precisa ter uma integração entre seus prestadores de serviço e seus clientes. Contratando pessoas mais qualificadas ou até mesmo dando treinamentos para seus atuais funcionários pode melhorar a qualidade dos seus serviços. Além de recompensar pelos seus esforços e estabelecer padrões necessários.

Outra forma de ajudar nesse processos para um serviço sem erro é toda a equipe estar trabalhando junto. A falta de entendimento,entre os departamentos contribui muito para serviços serem não confiáveis.

Contudo, podemos dizer então que a busca pela melhor qualidade possível em seu serviço pode gerar confiabilidade de seus clientes e melhorar profundamente o desempenho de sua empresa.

Leia também: Afinal, o que é Marketing de Serviços

Fonte(s): Administradores

E-books, ferramentas, apps, planilhas prontas, vídeos, cursos online, webinars…

Estes são apenas alguns exemplos de materiais com conteúdo mais profundo para transformar os interessados em seu blog (e em sua empresa) em leads, isto é: como conseguir informações sobre eles, tipo nome e e-amil.

Basta incluir uma desses materiais em um dos artigos de seu blog e, ao clicar no Call To Action para ter acesso a ele, seu cliente deverá preencher um pequeno formulário, como nome e e-mail por exemplo.

Pronto, você já atraiu e transformou em lead!

Co-marketing

Essa é uma das formas mais poderosas de conseguir clientes sem gastar muito. Por isso, algumas empresas que são referência no mercado e contam com grandes orçamentos de marketing já fazem uso dela.

A forma mais comum de fazer co-marketing no ambiente digital é por produzir conteúdo, quer em forma de um artigo para blog, e-book, palestra online ou outra.

Anúncios segmentados

No marketing digital, anúncios segmentados, ou seja, direcionados para que apenas o perfil de público selecionado veja, são usados de forma estratégica para gerar ótimos resultados.

Sucesso do cliente

Sucesso do cliente é um dos conceitos modernos de marketing mais usados nas empresas. Esse termo se refere a um novo tipo de atendimento ao cliente, que vai além de simplesmente do suporte. A responsabilidade se estende a garantir que o cliente saiba utilizar o produto ou serviço ofertado pela empresa da melhor maneira possível. A ideia é de que, se o cliente tem resultados consistentes com seus produtos ou serviços, vai se manter cliente por mais tempo.

De forma geral, a gratificação nada mais é do que um pagamento feito por liberalidade do empregador, como meio de agradecer ou reconhecer os serviços prestados pelo empregado ou ainda como recompensá-lo pelo tempo de serviço prestado à empresa onde trabalha. Além disso, a gratificação/bonificação também pode ser ajustada, nos parâmetros da lei ou por meio de documento coletivo sindical, obrigando ao empregador que se efetive o pagamento.

Quanto aos valores das gratificações, a CLT – Consolidação das Leis do Trabalho – não estipula um limite específico a ser pago aos funcionários, nem estabelece como o empregador deve efetuar o pagamento. Sendo assim, cabe a empresa proceder da forma que achar melhor para a empresa, contanto que o lançamento em folha de pagamento seja obrigatório.

Em uma sala de entrevistas, uma vez uma candidata me perguntou: “o que devo fazer para alcançar o sucesso profissional?” Eu, que tenho mais de 10 anos de experiência com recrutamento e seleção, gostaria de poder responde-la com listas tipo “os 10 passos para o sucesso”, “10 dicas para chegar ao sucesso”.

Voltando à candidata, como resposta eu devolvi a pergunta: O que é sucesso para você?  Reconhecimento, conforto financeiro, bons benefícios, viagens internacionais ou alcançar um cargo no alto escalão da empresa podem ser a medida de felicidade e sucesso para algumas pessoas. Para outras, trabalhar feliz significa ter um bom equilíbrio entre vida profissional e pessoal, sentir-se diariamente desafiado, morar perto do trabalho ou até trabalhar menos. Não existe uma resposta única e cada pessoa precisa se conhecer o suficiente para saber o realmente a faz feliz.

Lembre-se: Fazer o que gosta é liberdade. Gostar do que faz é felicidade. E esse conjunto pode, sim, ser a chave para o sucesso!

Não basta tratar bem os clientes. Profissionalismo e esforço em entender o que ele precisa são essenciais para um atendimento excelente.

Um bom atendimento ao cliente vai muito além de ser bem-educado. Assim como ser honesto, tratar bem os clientes não é um diferencial, mas sim uma obrigação de qualquer pessoa que quer fazer de sua empresa um sucesso. E não se engane: a captação de novos clientes tem tudo a ver com o bom atendimento que sua empresa presta hoje.

Muitas vezes, entendemos tudo sobre o produto ou serviço que oferecemos, sobre suas vantagens e benefícios, mas nos sentimos travados na hora de solucionar um problema, enfrentar objeções ou até mesmo estruturar um processo para um atendimento incrível.

Um bom atendimento surte efeito a curto prazo e pode impactar, inclusive, no aumento de receitas do seu negócio. Lembre-se: ter clientes satisfeitos é uma das melhores propagandas que sua empresa pode ter.

A metodologia AIDA é dividida em quatro etapas, sendo elas: Atenção, Interesse, Desejo e Ação. Elas são as etapas em que um cliente passa para tomar a decisão de compra de um produto ou serviço.

Atenção

O principal objetivo dessa etapa é despertar a atenção e curiosidade de um possível consumidor e fazê-lo captar a oferta ou seu negócio.

Interesse

Após captar a atenção e curiosidade do consumidor, é preciso despertar e manter o interesse do mesmo.

Para isso, mantenha o fator surpresa, mas encaminhe o consumidor até o produto ou serviço, mostrando as vantagens oferecidas.

Desejo

Faça com que o consumidor deseje e tenha necessidade de seu produto e assim, a ação de compra acontecerá.

Ação

Na última etapa é quando o cliente é guiado para a compra e persuadido para finalizar a ação.

Dê a ele razões para que compre o produto ou serviço, seja convincente, porém, não insista ou pressione o mesmo, pois assim é possível que se irrite e não finalize a compra.

É notório que muitos dizem ter esse espírito de equipe, mas no mundo profissional as ações falarão mais alto que as palavras. Para ter um espírito de equipe é importante que você tenha maturidade suficiente para assumir responsabilidades pelos seus atos. O que a gente mais vê são pessoas que jogam a culpa para cima de outras pessoas só para não se prejudicarem, o motivo principal é a competitividade ao extremo. Você deve ser menos individualista. A empatia deve andar ao seu lado sempre.

Portanto, o profissional que tem espírito de equipe trabalha com seus colaboradores para fazer com que a empresa cresça, pois sabe que todo este esforço será recompensado em breve.

É fundamental entender que, independente do cunho do feedback, ele é algo positivo para a empresa por indicar os pontos fortes do negócio, mas também os que podem ser melhorados. Essa é uma das ferramentas mais importantes quando falamos em gestão de equipes, de medição de resultados e que visa a busca de melhorias contínuas.

É importante estar ciente da visão dos superiores em relação aos pontos que podem ser melhorados e em relação ao que está funcionando muito bem.

O feedback é importante não somente para cada colaborador individualmente, mas também para o gestor (por isso o feedback deve ser bidirecional) e para o funcionamento da estrutura organizacional como um todo.