O primeiro passo ao dar início a um artigo para o Marketing de Conteúdo é verificar quem é a Persona. A Persona se trata de um método de segmentação ao qual o negócio quer atingir no mercado. É o cliente ideal entre aqueles que fazem parte do público-alvo. Aliás, a segmentação de mercado é uma maneira de conhecer o público e definir a estratégia de atuação.

Para criar a persona ou cliente ideal é necessário fazer uma combinação de dados reais e dados fictícios. É necessário usar as principais características, hábitos, interesses e gênero. Posteriormente, as diversas características que uma empresa reunir, afim de criar uma persona, poderá determinar não só uma, mas sim, um grupo de clientes ideais.

Ao criar uma persona, a empresa poderá entender de maneira mais clara quem é o cliente e as necessidades que esse cliente possui porque isso fará com que a empresa saiba como atingi-lo de forma direta e perfeita. Com a elaboração desta ferramenta e conhecendo melhor a persona há a possibilidade de aumentar a movimentação do site e, principalmente, obter sucesso com as estratégias de marketing, assim aumentando o número de vendas.

Elaborar um conteúdo bem escrito, com uma estrutura boa não é o bastante para se ter sucesso. A estratégia usada tem a intenção de produzir conteúdo certeiros e que atinjam as pessoas interessadas no produto, o que torna mais fácil o curso do trabalho.

Qual a diferença entre Público-Alvo e Persona?

O público-alvo age de forma mais abrangente, podendo haver vários grupos com diferentes segmentos. Todas as pessoas com possibilidade de se interessar pelo produto e serviço prestado se torna um potencial cliente. O público-alvo possui uma definição mais ampla, sem citar os hábitos específicos. Já a persona foca no detalhe que o público-alvo tem de especial. A definição é mais específica, fala detalhes sobre o trabalho e os hábitos. Ela busca o consumidor ideal.

Não deixe de acessar o nosso blog para receber dicas e conhecer mais sobre o mundo do Marketing.

Fonte: Idealmarketing, Klickpages

Imagem: Pexel

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *