Posts

O engajamento nas redes sociais é o que faz conteúdos viralizarem, além de atrair mais pessoas. No âmbito empresarial é o que agrega mais valor a marca, eventualmente trazendo mais lucro.

Portanto o envolvimento dos usuários, com o conteúdo transmitido é de extrema importância!

O engajamento social nada mais é do que a interação do público nas redes sociais. Acima de tudo, através de comentários e reações as publicações.

Porque as empresas devem se preocupar com o engajamento nas redes

Primeiramente, a participação dos clientes é interessante, para que a marca identifique quais valores eles buscam e com qual conteúdo se identificam.

Aliás, a internet hoje aproxima o público das empresas, dando mais voz aos seus consumidores. Entretanto, essa é uma via de mão dupla, o usuário não só quer falar como quer ser ouvido e receber retorno.

Sendo assim, é valido lembrar que o engajamento pode ser feito de forma positiva e negativa.

A forma positiva é quando o cliente elogia, pergunta e da sua opinião sobre os serviços e produtos. Já na forma negativa, os usuários criticam a marca, difamam e disseminam ódio em suas redes.

O consumidor que se engaja é um cliente leal

Através da interação do cliente com a marca, cria-se uma relação de lealdade. Pois, o consumidor que se sente representado pela empresa, a defende com afinco.

Desse modo, acontece uma reação não só racional, mas emocional dos compradores. Por esse motivo, as pessoas tornam-se embaixadoras das marcas.

Os clientes que interagem compram mais

Pesquisas apontam que clientes que se engajam, compram mais do que os clientes que evitam interagir com as marcas.

Além disso, 15,5% dos clientes hiperengajados, chegam a comprar produtos todos os dias. Enquanto 40,2% compram produtos várias vezes por semana.

Visto que, consumidores engajados trazem benefícios para empresa e consequentemente, mais lucro. A dica é colocar em prática, algumas estratégias na área.

Acesse nosso blog diariamente para mais conteúdo interessante!

Foto: Google

Fonte: bigdatabusiness

Em 2016, o Instagram deixou de exibir os arquivos dos internautas em ordem cronológica no feed. Hoje em dia, o aplicativo conta com uma ferramenta que, após análise de alguns critérios, determina o sucesso (ou não) do conteúdo postado.

Entretanto, poucas pessoas tem conhecimento de que o horário em que as postagens são feitas nessa rede social tem ligação com o feedback que o perfil receberá. Por isso, é importante que você tenha conhecimentos a respeito do período em que os seguidores de sua marca estão online para que seu conteúdo os atinja de maneira eficaz.

Portanto, agora lhe daremos sugestões dos melhores horários para posts no Instagram:

Hootsuite

De acordo com o Hootsuite, um sistema especializado em gestão de marcas em mídias sociais, o horário ideal para se postar no Instagram é entre 12h e 13h, de segunda a sexta.

Falcon

Sugere que as postagens sejam feitas as duas da manhã. Assim, o conteúdo terá mais chance de se destacar no feed dos seguidores. Ademais, sugere o horário das 17h.

Mentionlytics

O programa Mentionlytics recomenda que você evite publicar conteúdos na rede social de 15h às 16h. E recomenda, ainda, que as postagens sejam feitas das 8h às 9h. Entretanto, caso queira publicar algo no período da tarde, prefira fazê-lo às 17h.

Os horários sugeridos para a realização de postagens são generalizados. As recomendações foram feitas com base em informações referentes à internautas de todas as idades, sexos e classes sociais. É interessante que você, como o responsável pelo marketing da sua empresa, tenha acesso à informações sobre o tempo de permanência online do seu público.

O Instagram oferece um relatório completo com informações relacionadas aos acessos do seu perfil.

Sendo assim, analise os dados e, se necessário for, mude suas estratégias para obter mais engajamento!

Conheça a Marketing 365

Fontes: medium, rockcontent

Imagem: Google

Muito fala-se sobre a importância do engajamento, como uma estratégia de alcance de público, nas redes sociais. Mas, você sabe o que significa essa palavra?

O tão falado engajamento nada mais é do que o envolvimento, a interação e o relacionamento existente entre a marca (que apresenta-se online, através de um perfil virtual) e o público alvo. Portanto, é através das reações e do feedback que os públicos dão que as marcas programam e preparam seus próximos passos. Logo, é algo importantíssimo para que os serviços da empresa continuem sendo visados pelos usuários.

O tempo que os internautas gastam em seu perfil, o número de visitas à página, os fóruns de discussão iniciados, as curtidas, os comentários, as críticas e as opiniões são ações online te ajudam a cativar
as pessoas e a alcançar mais acessos. Quanto maior for a quantidade de interação recebida por seu conteúdo, maior será o seu alcance. Assim, seu produto será mais visto e você poderá entrar em contato com novos consumidores de informação.

Dedique-se a divulgar seu produto e aumente seu engajamento nas redes sociais. Os resultados, certamente, virão.

Acesse o blog diariamente para obter mais informações

Fontes: globalad, novaescolademarketing

Imagem: Google

“Pode parecer bobagem e até soar pueril, mas sonhar é uma das coisas mais importantes na vida das pessoas e principalmente na vida de um empreendedor. Mas, por que sonhar grande? Certa vez, Rafael Duton, fundador da Movile, disse duas coisas bem interessantes. Primeiro, que o empreendedorismo é como um vírus inoculado. “Todo mundo tem. Alguns o desenvolvem, outros não”, e segundo, “que todo empreendedor tem um sonho. A diferença de quem sonha grande pra quem sonha pequeno, é que o empreendedor que sonha grande, mesmo quando estiver na metade do caminho, já terá chegado muito mais longe do que o outro empreendedor”.”

 

Fonte: Gazeta do Povo

Você é um empresário que tem sempre conquistado bons clientes, mas a maioria deles nunca mais volta a fazer negócios com você? Todos nós sabemos que o caminho para um grande ROI positivo é manter mais clientes do que perder, então, o que você pode fazer para aumentar as taxas de retenção e realmente criar clientes fiéis para a sua marca?

1. Atente-se à segmentação dos clientes

Se você teve sucesso na condução de novos clientes para o seu negócio, as chances são que você já sabe um pouco sobre eles, como de onde vieram, o site de referência, a plataforma de mídia social, o motor de busca utilizado, etc., bem como um algumas coisas sobre quem eles são e o que os motivou a vir para o seu site. Você pode começar de forma simples e criar alguns segmentos mais amplos, como geografia, idade e sexo, que podem então ser refinados em segmentos menores depois de ter aprendido mais sobre seus clientes.

2. Descubra informações estratégicas para captar a fidelidade dos clientes

Comece a compreender o que seus clientes mais valorizam. É escolha? Conveniência? Comunidade? Exclusividade? Se você não sabe o que eles valorizam, tente descobrir com a sua comunicação, e comece a fazer uma lista de coisas de valor que você pode oferecer àqueles que demonstram lealdade à sua marca.

3. Alinhe todos os seus canais e comunicação

Se você está produzindo conteúdo para o seu site, ou newsletter, certifique-se de que é complementar ao seu produto ou serviço. Seja fiel aos seus atributos de marca e mantenha a sua voz consistente – isso é ser útil, autêntico e harmonioso. Apenas certifique-se de que o seu conteúdo não é avulso. E se você permitir que outros promovam ou patrocinem seus canais de comunicação, certifique-se claramente de como eles estão fazendo isso. Se os clientes se sentem enganados por seu conteúdo e comunicações, você vai quebrar sua confiança, que irá destruir o valor do seu negócio.

Em resumo, conheça seus clientes, trate-os de forma justa e equitativa, enquanto constrói um reconhecimento e recompensa aqueles que são mais leais. Faça isso, e você será recompensado com uma participação contínua de clientes leais, que vão custar muito menos do que adquirir novos.

Buzz Marketing

Buzz marketing é um tipo especifico de trabalho de marketing que visa a disseminação de propaganda de um produto ou serviço através de cadeias de consumidores.

 “Trata-se de uma das novas estratégias de marketing que encoraja indivíduos da sociedade a repassar uma mensagem de marketing para outros, criando potencial para o crescimento exponencial tanto na exposição como na influência da mensagem. Como os vírus reais, tais estratégias aproveitam o fenômeno da rápida multiplicação para levar uma mensagem a milhares e até milhões de pessoas.” –  Arthur D. Little

Em poucas palavras, podemos definir Buzz Marketing como o conjunto de técnicas que vai colocar as pessoas para conversar sobre a sua marca. É, de certa forma, criar engajamento.

 

O que é Marketing Multinível?

Marketing multinível (MMN), também conhecido como marketing de rede , é um modelo comercial de distribuição de bens ou serviços em que os ganhos podem advir da venda efetiva dos produtos ou do recrutamento de novos vendedores. Diferencia-se do chamado “esquema em pirâmide” por ter a maior parte de seus rendimentos oriunda da venda dos produtos, enquanto, na pirâmide, os lucros vêm, apenas ou maioritariamente, do recrutamento de novos vendedores.

Nos Estados Unidos, uma forma de diferenciar os dois sistemas é a chamada regra dos 70%: se a empresa tem 70% ou mais de seu rendimento advindo dos produtos, é marketing em rede, senão é pirâmide.

O multinível veio para incentivar os revendedores, além de vender, a atrair novos distribuidores para uma empresa. É como uma oportunidade de uma promoção, em que o vendedor passa a se tornar um líder ou um gerente de vendas, e amplia os seus ganhos.

No multinível, um revendedor precisa se esforçar para vender os seus produtos para sua clientela normal (gerando lucro direto) e atrair novos vendedores para a sua rede (conseguindo um lucro indireto, por meio da comissão residual). O trabalho é maior, pois quando você forma sua própria equipe de vendedores, é necessário oferecer todo um suporte para eles. São necessários treinamentos, orientações, premiações, enfim, o que for preciso para manter uma rede engajada de revendedores.

No final, tanto esforço é recompensador, já que quanto mais bem preparada sua equipe for, maiores serão os seus lucros.

 

 

Em algum momento da sua carreira de empreendedor, você já deve ter ouvido a frase: “É mais difícil manter um cliente do que conquistá-lo”. Os dois processos são desafiadores, claro, mas fidelizar um cliente exige um conjunto de estratégias diferenciadas, o que conhecemos no mercado como marketing de relacionamento.

O Marketing de Relacionamento é percebido quando o cliente tem uma experiência altamente positiva com a marca, tão positiva que ele se torna fiel ao produto e disseminador da marca.

Como implantá-lo na sua empresa?

Há inúmeras formas de aplicar o Marketing de Relacionamento. Há algumas metodologias muito eficientes para que seu negócio consiga chegar aos resultados esperados. Os principais são:

  • Marketing Digital
  • Inbound Marketing
  • Marketing de Conteúdo

Essas são as principais formas de alcançar resultados de escala. Tais estratégias podem ser colocadas em prática através de ações online (blog, mídias sociais, E-mail Marketing) e ações offline (envio de brindes).

Antes de qualquer coisa, é essencial que você conheça seu público para poder oferecer benefícios que lhe interessam e gerar uma experiência do usuário diferenciada. Para fazer isso, é necessário criar personas da sua empresa, que são as representações dos melhores clientes que a sua empresa pode ter.

Com isso, é possível focar o seu relacionamento com esse público-alvo específico, atraindo-o para que ele se torne o seu cliente. Essa estratégia de atração de informações garantirá uma base de contatos que servirão para estabelecer um relacionamento e fidelizar clientes.

 

Você é um empresário que tem sempre conquistado bons clientes, mas a maioria deles nunca mais volta a fazer negócios com você? Todos nós sabemos que o caminho para um grande ROI positivo é manter mais clientes do que perder, então, o que você pode fazer para aumentar as taxas de retenção e realmente criar clientes fiéis para a sua marca?

1. Atente-se à segmentação dos clientes
Se você teve sucesso na condução de novos clientes para o seu negócio, as chances são que você já sabe um pouco sobre eles, como de onde vieram, o site de referência, a plataforma de mídia social, o motor de busca utilizado, etc., bem como um algumas coisas sobre quem eles são e o que os motivou a vir para o seu site. Você pode começar de forma simples e criar alguns segmentos mais amplos, como geografia, idade e sexo, que podem então ser refinados em segmentos menores depois de ter aprendido mais sobre seus clientes.

2. Descubra informações estratégicas para captar a fidelidade dos clientes
Comece a compreender o que seus clientes mais valorizam. É escolha? Conveniência? Comunidade? Exclusividade? Se você não sabe o que eles valorizam, tente descobrir com a sua comunicação, e comece a fazer uma lista de coisas de valor que você pode oferecer àqueles que demonstram lealdade à sua marca.

3. Alinhe todos os seus canais e comunicação
Se você está produzindo conteúdo para o seu site, ou newsletter, certifique-se de que é complementar ao seu produto ou serviço. Seja fiel aos seus atributos de marca e mantenha a sua voz consistente – isso é ser útil, autêntico e harmonioso. Apenas certifique-se de que o seu conteúdo não é avulso. E se você permitir que outros promovam ou patrocinem seus canais de comunicação, certifique-se claramente de como eles estão fazendo isso. Se os clientes se sentem enganados por seu conteúdo e comunicações, você vai quebrar sua confiança, que irá destruir o valor do seu negócio.

Em resumo, conheça seus clientes, trate-os de forma justa e equitativa, enquanto constrói um reconhecimento e recompensa aqueles que são mais leais. Faça isso, e você será recompensado com uma participação contínua de clientes leais, que vão custar muito menos do que adquirir novos.

Em primeiro lugar, Instagram é fácil de usar, que é uma grande vantagem. Além disso, (ainda) não é tão ad-driven como o Facebook, tornando-se uma opção mais amigável para aqueles que preferem gastar no marketing orgânico. E como o Instagram é visual, a atenção captura de alguém é muito mais fácil do que no Facebook.

Reunimos várias ideias que vale a pena considerar no Instagram. Dê uma olhada:

  1. Escolha um tema – Ou seja, desenvolva um plano para os tipos de coisas que você posta. Com a implementação deste tipo de estratégia, você terá uma conta mais orientada ao invés de uma que publica de tudo. Escolher um tema pode se basear em torno de sua mensagem central, ou relacionar a um tópico que você está promovendo. Ele também pode ter uma cor. Seja qual você escolher, deixe seus seguidores (e potenciais seguidores) saberem o que podem esperar.
  1. Escreva uma bio – Embora seja óbvio que você tem que ter uma, é uma boa ideia orientar um padrão em sua bio. Escolha mensagens que definem você como um especialista e dirigem a atenção para o que você está promovendo, e que em última análise, pode ajudar a impulsionar o tráfego para seu site.
  1. Coloque seu site – Verifique se o seu site é otimizado para navegação móvel já que a grande maioria dos usuários do Instagram são em dispositivos móveis. E, o URL deve estar na sua bio, mas também deve aparecer em cada post, tanto como uma marca d’água e ou na descrição ou comentários!
  1. Utilize imagens simples, mas significativas – A pessoa média se distrai em 8 segundos, por isso é importante agarrar o seu público rapidamente com imagens claras e significativas que não exigem muito pensamento. Elas devem ser interessante, convidativas e simples. Como a maioria dos usuários são móveis, existem algumas limitações de tela, certifique-se de que as as imagens são ideais.
  1. Imagens personalizadas – Depois de ter encontrado imagens que trabalham para você, você vai querer personalizá-las com algo para tornar a imagem a sua própria. Talvez um título do produto, uma citação de alguém famoso, uma revisão do produto simples ou até mesmo um teaser / promo para um anúncio. Independentemente de como você personalizá-la, não se esqueça de incluir o seu logotipo e / ou URL para que, caso sua imagem saia do Instagram, seus fãs podem encontrá-lo facilmente.

Com um pouco de estratégia, criatividade e algumas ótimas fotos, você vai ver que pode aumentar seus resultados no Instagram.